A Gonorreia é uma doença causada pela bactéria Neisseria gonorrhoea, que cresce e tem uma grande facilidade de se multiplicar em áreas quentes e úmidas. É transmitida principalmente através da relação sexual, seja ela vaginal, anal ou oral, e também de mãe para filho na hora do parto, podendo afetar os olhos do bebê.

Sintomas e Características da Gonorreia

GinecologistaNormalmente a infecção nas mulheres começa no colo do útero, e os homens na uretra. De 2 a 15 dias após a infecção, os sintomas começam a aparecer, e entre eles estão:

  • Dor e ardência ao urinar;
  • Corrimento vaginal amarelado ou esverdeado com odor desagradável;
  • Corrimento turvo e denso do pênis;
  • Sangramento menstrual anormal;
  • Dor de estômago;
  • Dor nos testículos;
  • Inflamação na garganta, ânus ou reto;

Algumas pessoas não apresentam os sintomas da gonorreia, portanto, é necessário manter em dia os exames de prevenção.

Nas mulheres, as principais complicações causadas pela Gonorreia caso não haja um tratamento imediato, são graves inflamações no colo do útero, ovários, trompas, glândulas para-uretrais, e risco de deformação das trompas, podendo causar infertilidade. Nos homens, pode haver infecção na próstata, e nos testículos.

Caso a bactéria se espalhe pela corrente sanguínea, se multiplique e se espalhe, pode ocorrer febre, meningite, e artrite.

Diagnóstico da Gonorreia

Por ter sintomas parecidos com de outras doenças, a Gonorreia é diagnosticada através da amostra do corrimento da uretra do pênis ou do colo do útero, ou por uma exame chamado LCR, feito atavés da urina.

Tratamento da Gonorreia

O tratamento é feito à base de antibióticos, que podem ser ministrados por injeções ou via oral. O mais utilizado atualmente, é a Ampicilina. Após, mais ou menos, 7 a 10 dias do início do tratamento, retorne ao médico para garantir que a bactéria foi realmente retirada do organismo.

A Clamídia é uma DST, que possui sintomas muito parecidos com os da Gonorreia, e muitas vezes até se manifestam juntas. Portanto, caso isso ocorra, o tratamento deverá ser feito com antibióticos para as duas, no mesmo período.

Mesmo a bactéria desaparecendo de vez, é necessário continuar mantendo todos os cuidados, pois caso haja relação sexual com alguém que possua Gonorreia, provavelmente será infectado de novo.

Prevenção da Gonorreia

A melhor forma de prevenir a Gonorreia, é usando preservativos. Além disso, é importante fazer uma boa limpeza do órgão pós-coito e não compartilhar objetos pessoais íntimos.